3 dicas para desenvolver a concentração

Através do controle de pensamentos negativos que geram ansiedade, você pode estabelecer metas de produtividade que aceleram a sua concentração e diminuem a autocobrança.

 

A estafa de final de ano atinge a todos nós e, para muitos, é difícil manter a concentração durante muito tempo. Falamos sobre formas de lidar com a estafa mental em um post anterior [fazer link: http://www.futuroeventos.com.br/conteudo-blog/5-dicas-para-lidar-com-estafa-mental/] mas neste, focaremos em formas práticas de tentar se concentrar no momento em que o trabalho precisa ser realizado, mas você parece não ter a menor cabeça para isso.

Estabeleça metas diárias: com aquela pilha de trabalhos para fazer e não sabe por onde começar? A melhor forma de se convencer de que você é capaz de dar conta é dividindo suas tarefas num período de tempo suficiente para que as realize, tendo em vista que seu rendimento está abaixo do esperado. Também não adianta criar uma lista de metas que sejam impossíveis ou muito difíceis de serem alcançadas, isso só o frustrará mais. Você pode estabelecer esse cronograma com a programação para, por exemplo, uma semana de trabalho e ir reajustando-o a cada dia, de acordo com a sua produtividade. E não se esqueça: a principal maneira de conseguirmos fazer o que tem que ser feito é não nos cobrando tanto pelo fato de estarmos cansados. Isso faz com que sua ansiedade diminua e você encare os desafios com mais tranquilidade.

Controle seus pensamentos: um dos principais inimigos da produtividade e da concentração é justamente os pensamentos negativos que o cansaço nos traz. Ao percebermos que estamos com dificuldades, acabamos nos cobrando ainda mais e gerando ansiedade, como dito antes. Por isso, toda vez que você se sentir cansado, não se cobre, e sim, tente descobrir a origem desses pensamentos negativos e cessá-los antes que eles se desenvolvam, criando um estado de ansiedade e pessimismo ainda pior. Se você dá vazão para os sentimentos negativos, acaba não produzindo nem descansando direito. Mas lembre-se, você não é os seus pensamentos negativos e é sim capaz de controlá-los. Corte-os pela raiz e tente mentalizar coisas positivas, como as férias que logo chegarão ou a noite de descanso que você terá no fim do dia. Assim, você se acalmará e não ficará tomado pela ansiedade da autocobrança.

Concentre-se por períodos pequenos que aumentam gradualmente: para aqueles que estão realmente no limite do cansaço mental, uma dica valiosa é ir treinando a concentração aos poucos durante o dia. Quando sentir que a coisa não vai, pare por alguns minutos, descanse, e retome as atividades através de uma escala gradual de concentração. Comece com apenas 5 minutos de concentração plena, para depois descansar outros 5 minutos. Depois, aumente para 10 minutos e descanse mais 5. Então, vá para 15 minutos concentrados contra outros 5 minutos de descanso e assim por diante até atingir a marca de uma concentração total durante 30 minutos. Repita o processo durante todo o dia, sempre que se sentir estafado. Essa técnica pode te ajudar a recuperar o processo de autoconcentração e aliviar a ansiedade.

Texto produzido pela equipe da Futuro Eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.