Benefícios do Handebol para crianças

Uma abordagem lúdica desse esporte praticado em equipe traz para as crianças não apenas benefícios físicos e psicomotores, como também habilidades relacionadas ao convívio social.

 

 

A prática de qualquer esporte durante a infância implica em imputar dentro da atividade física um traço recreativo que também dê ao jogo seu caráter de brincadeira. A criança deve entrar no jogo por livre e espontânea vontade, primariamente em busca do prazer da própria ocupação e movimentação física. Muito antes de estabelecer qualquer tipo de ideia de competição, é importante que a criança veja na prática esportiva uma fonte de bem-estar e de desenvolvimento. Assim, será mais fácil que ela associe o esporte a um sentimento agradável, e não a um sentimento de disputa ou ansiedade, caso não demonstre de pronto as habilidades necessárias para o exercício.

Aspecto social do Handebol

Quando falamos do desenvolvimento acarretado pela prática esportiva regular, não é apenas à ideia de aperfeiçoamento psicomotor e físico que está implícita no termo. Tendo em vista esportes praticados em equipe, tal como o Handebol, o desenvolvimento trazido vai muito além do simples aperfeiçoamento das habilidades motoras da criança. O jogo colaborativo em equipe também traz ao pequeno a possibilidade de inserir-se num time e entender de que forma essa interação pode ser transposta à interação social que vivemos cotidianamente. O senso de trabalho em conjunto, colaboração, respeito e união de forças para alcançarem um mesmo resultado positivo são aspectos tão positivos quanto os benefícios físicos e motores trazidos pela prática do esporte.

Assim, a interação social, a curiosidade, o senso de cooperação, a ponderação de comportamentos como a timidez ou a agressividade, o interesse pela competição saudável, a eliminação do ócio, a prevenção ao vício, a construção da moral e o divertimento são os resultados da prática de um esporte em equipe como o Handebol. Além disso, podemos também ressaltar que esse esporte possui regras bastante fáceis e necessita de acessórios simples: uma bola e duas traves ou objeto semelhantes para a marcação dos gols.

Táticas e desenvolvimento físico

O Handebol é atualmente um dos esportes coletivos mais praticados em escolas do Brasil, muito em função de seu objetivo final: o gol — algo já naturalizado em nossa cultura em função da paixão que nutrimos pelo futebol. Ademais, o esporte trabalha com movimentos que, para serem realizados, exigem habilidades motoras fundamentais como correr, saltar e lançar. A criança também desenvolve seus estímulos de percepção espacial e temporal, percepção da lateralidade do corpo e da visão, equilíbrio e velocidade de corrida. Com a orientação de um profissional do esporte e a montagem de uma tática de jogo, alguns processos pedagógicos para o aproveitamento da performance em campo também podem ser trabalhados, tais como: passes, dribles, recepções, marcações e fintas, mas sem perder de vista o caráter lúdico dessas estratégias. Diante desses argumentos, constata-se a importância do esporte e da educação física nas escolas para contribuir com o desenvolvimento social e físico de nossas crianças e jovens. Infelizmente, o esporte tem um potencial formador da cidadania ainda muito pouco explorado em nosso país.

Texto produzido pela equipe da Futuro Eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.