Como Elabora uma Pergunta de Pesquisa ?

Ser acadêmico é ser cientista. Logo, ser acadêmico é construir com a construção e desenvolvimento da ciência. Existem métodos complexos para a construção da ciência, mas neste artigo vou deixar os métodos de lado e lhe convidar para analisar a sua participação como pesquisador, responsável pela ciência que constrói.

 

 

A construção da ciência se inicia com uma problemática, que pode ser resultado de inquietações ou de hipóteses. E para sanar estas questões iniciamos com as perguntas!

Saber fazer perguntas é mais importante do que ter respostas, pois por meio das perguntas você é impulsionado a construir novos conhecimentos. Nesse processo, é necessário analisar os diferentes pontos de vista existentes sobre uma temática. É preciso, também, avaliar como esta temática já foi analisada. A partir desta reflexão, com uma leitura crítica, você deve identificar o que não foi percebido anteriormente. Para definir uma pergunta de pesquisa, eu oriento sempre pensar em 3 momentos distintos

  1. Primeiro passo: Delimitar a sua temática de estudo.
  2. Segundo passo: Identificar inquietações e/ou hipóteses que existem na área com base na sua pesquisas ou mesmo a partir de uma realidade.
  3. Terceiro passo: De forma criativa, buscar um novo olhar para este objeto.

Por exemplo, consideremos que: “o design educacional está diretamente relacionado à construção de soluções educacionais que potencializem a aprendizagem” – primeiro passo – temática (design educacional). A partir deste olhar, com base em pesquisa e práticas vivenciadas, identifica-se que elementos de gestão podem ser integrados ao design educacional para gerar valor as soluções desenvolvidas, e não se tem esta ocorrência teórico-prática – segundo passo – inquietação. Como pergunta de pesquisa posso definir:”Como práticas de design educacional contribuem para a gestão da produção destas soluções educacionais?” – terceiro passo.

Perceba, com base no exemplo de construção de pergunta de pesquisa descrito acima, que conduziu o desenvolvimento de minha tese de doutorado, que o problema de uma pesquisa é sua solução. Sem problema não temos pesquisa. Pesquisamos para responder uma pesquisa. Logo, a resposta a sua problemática é

o seu TCC, a sua dissertação ou a sua tese ou mesmo as evidências identificadas e organizadas em um artigo científico.

Faz sentido para você? Então, responda;

  • Qual o seu problema hoje?
  • O que esta situação tem lhe causado?
  • Por onde você pode começar a resolve-lo?
  • De quem depende esta ação?
  • Quem pode lhe ajudar?

Estas são algumas questões que auxiliam a sua ação imediata na concepção de sua problemática de pesquisa.

Andreza Lopes Doutora e Mestra no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPEGC) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Das diferentes atividades desenvolvidas destaca-se uma atuação por resultado e desenvolvimento de pessoas com atividades de: coach e mentora acadêmica, capacitação de equipe, designer educacional master, coordenadora de projeto, professora formadora, professora orientadora e avaliadora de artigos científicos e projetos. Autora de livro e artigos científicos. Desenvolvedora e Facilitadora do Programa de Coach e Mentoria "Acadêmico em Ação".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.