Como identificar as prioridades na vida acadêmica?

Diariamente vivemos diferentes papeis. Passamos por diferentes situações. Temos dores e prazeres. Até aqui tudo bem.  Você não é o único.

 

 

Mas é preciso administrar as situações de modo a viver uma vida que leve você ao resultados desejados. E, quando falamos do contexto acadêmico você pode pensar num primeiro momento, como um leigo nesse universo: se eu só estudo porque não consigo me dedicar somente a minha pesquisa. Simples! Além de foco e determinação para conquistar o resultado desejado é necessário EQUILIBRAR a vida acadêmica com a vida particular. Acima de tudo você é ser humano e tem necessidades, pense nisso!

Você, assim como eu, sabe que uma pesquisa é compostas de diferentes etapas organizadas e apresentadas em um capítulo específico: “procedimentos metodológicos”. Para muitos, falar em metodologia é algo complexo, afinal, estamos tratando com diferentes autores, linhas de pensamento e meios de organização da pesquisa, e esse processo pode gerar ansiedade ou causar bloqueio. Por estas e outras razões, escrever uma história acadêmica de sucesso que contribua com o desenvolvimento da ciência e da qual você se orgulhe pelo legado deixado é um desafio para todos nós, pesquisadores.

As prioridades para iniciar uma vida acadêmica de sucesso são: identificar o problema de pesquisa, definir o seu objeto de estudo, e então estabelecer as estratégias necessárias para responder a sua problemática. Estas ações permitiram que você defina o objetivo geral e os objetivos específicos de sua pesquisa. Assim, você se sentirá seguro e confiante para organizar as prioridades na sua vida acadêmica o que te levará a obter maiores resultados com menos esforços.

Você ainda pode ir além e organizar as estratégias para ter maestria em sua formação. Uma forma assertiva é determinar uma ROTA DE AÇÃO. Nesta rota, você deve incluir a leitura de temas relacionados com seu objeto de estudo, a publicação de artigos na área, a participação em eventos, a participação em grupos de estudo e, claro, paralelamente, a escrita da pesquisa. Sempre tendo muito claro qual seu foco, sendo este relacionado não apenas com o estado atual, mas com o estado desejado. Não são ações imediatistas. São ações planejadas para conquistar o seu objetivo. Analisando sua rotina categorize suas atividades em importantes, urgentes e circunstanciais. Está análise contribui para você identificar as ações que são prioridades, o que pode ser delegado e ainda o que pode ou deve ser excluído.

E, lembre-se: ter sucesso não é questão de sorte! É resultado de determinação e dedicação! Não existe receita. Não existe mágica. Existe a certeza de que você vai vencer e conquistar resultados extraordinários se mantiver uma rota de ação dedicando dois terços de seu tempo diário para realizar atividades importantes! E sabe o que isso significa? Dedicar dezesseis horas de seu dia à atividades que tem relação direta com o resultado desejado.
Para identificar as prioridades é necessário desafiar-se no percurso de novos caminhos!

Andreza Lopes Doutora e Mestra no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPEGC) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Das diferentes atividades desenvolvidas destaca-se uma atuação por resultado e desenvolvimento de pessoas com atividades de: coach e mentora acadêmica, capacitação de equipe, designer educacional master, coordenadora de projeto, professora formadora, professora orientadora e avaliadora de artigos científicos e projetos. Autora de livro e artigos científicos. Desenvolvedora e Facilitadora do Programa de Coach e Mentoria "Acadêmico em Ação".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.