5 dicas para trabalhar melhor em grupo

Trabalhar em grupo é um grande desafio para qualquer carreira. Estando ou não em uma posição de liderança, uma postura comprometida, flexível e receptiva é a chave para construir e manter a harmonia entre seus colegas.

 

 

É consenso: a habilidade de trabalhar em grupo pode definir o sucesso de sua carreira. Aqueles que o sabem, sentem-se mais satisfeitos com o seu trabalho e são capazes de fazer uma diferença maior dentro da empresa. Mas nem sempre é fácil manter essa afinidade. O diálogo com pessoas desconhecidas é mais trabalhoso, sem contar quando há um colega em especial que parece prejudicar a produtividade do time. De qualquer maneira, uma postura receptiva, conciliadora e comprometida é a chave para que você faça a sua parte e incentive os outros a agir de modo semelhante. É sempre preciso buscar o equilíbrio entre seus parceiros e ele não surge instantaneamente, é um esforço constante. Confira 5 dicas que podem ajudar nas relações e na produtividade dentro de uma equipe de trabalho.

 

1. Seja autêntico e vulnerável: ser você mesmo e abrir espaço para que os outros te conheçam e possam manter um diálogo receptivo ajuda a construir uma relação de confiança dentro do grupo. Autenticidade nas suas atitudes transmite esse senso de confiança. A vulnerabilidade no trato cria um espaço em que ninguém teme expor suas inseguranças, dúvidas ou desconhecimentos. Nesse caso, vulnerabilidade tem um valor contrário à arrogância de alguém pouco flexível que, ao invés de construir uma sinergia de ideias e tarefas dentro do grupo, prefere impor suas opiniões de maneira intransigente.

2. Não compita, colabore: o trabalho em grupo supõe uma meta comum, pessoas com os mesmos objetivos que se ajudam para atingir o sucesso na empreitada. Por isso, um senso de competição dentro desse âmbito é pouco adequado. Trabalho em grupo significa colaboração e, em geral, oêxito em uma tarefa realizada conjuntamente tem muito mais a ensinar do que conquistas individuais.

3. Seja um bom ouvinte: nas reuniões entre a equipe, realmente ouça o que seus colegas têm a dizer sem apressá-los ou interrompê-los com suas próprias ideias e opiniões. Antes de discordar ou contradizê-los, apoie suas iniciativas e seja cauteloso em suas respostas.

4. Não abra espaço para fofocas: todo mundo que compartilha uma fofoca no ambiente de trabalho acaba prejudicando a si mesmo, uma vez que põe em questão seu comprometimento com a empresa e com os colegas. Por isso, mantenha o foco em suas tarefas e deixe a prática da fofoca para lá.

5. Importe-se com seus colegas: diariamente, tire alguns minutos para perguntar sobre a vida de seus colegas, “como foi o fim de semana? ”, “como estão os estudos? ”, “como anda a família? ”, perguntas assim criam uma relação mais próxima com eles. Mantenha uma agenda semanal de encontros de trabalho e, também, planeje algumas atividades fora da empresa, como um happy hour para descontrair, almoços em determinado dia da semana ou uma atividade esportiva para que vocês estreitem as relações da equipe.

 

Busque sempre o equilíbrio no trato com os outros, em suas ações, opiniões e julgamentos. Lidar com o fator humano dentro de uma meta traçada pode ser mais previsível quando você admite que a estabilidade do grupo vale mais do que a sua voluntariedade. Portanto, seja flexível.

Texto produzido pela equipe da Futuro Eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.