Inovação e qualidade na educação: Dilemas

Rubem Baros

Em todas as áreas, a inovação é um imperativo dos tempos atuais. O que não se renova tende a morrer. Mas como inovar de forma significativa na educação, um campo de atuação muito mais ligado à retaguarda do que à vanguarda? Como transformar essa inovação em qualidade de ensino e em que variáveis mexer para isso?

A inovação em outros campos do saber
Em outros campos, como a comunicação e o setor produtivo, a inovação se mostra de diferentes formas, das quais se pode obter aprendizados para a educação, porém, nunca transpondo esses ensinamentos de forma direta e sim como argamassa para reflexão das práticas educacionais.

O que há de novo nas metodologias ativas?
A inovação em educação tem se apresentado de muitas formas, mas muitas delas não são exatamente novas. São formatos repaginados e renomeados de práticas já existentes. Muitas delas agora recriadas sob pressão externa, como do mundo das empresas de tecnologia.
Como descobrir os sentidos da inovação
Pensar o sentido da inovação em educação, como ela pode acontecer levando em conta aquilo que é essencial nos processos de ensino e aprendizagem sem descaracterizar seus grandes objetivos de formação do sujeito, esse parece ser o grande desafio dos educadores de hoje. Para que isso aconteça, nem sempre o tamanho da mudança é tão importante, mas sim o alcance de seus efeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.