Potencializando ações de marketing

Thelma Guerra

Saiba como colocar a sua escola em evidência o ano todo.

O final do ano é reconhecidamente a época das grandes campanhas de Natal. O comércio em geral espera esse momento para fazer o grande investimento anual em comunicação. Essa também é a época em que todas as escolas fazem seus investimentos pesados em propaganda. É o momento de usar os mais diversos apelos para divulgar seu nome e assim conquistar novos alunos e manter o que já têm. Além de “brigar” com todo o comércio que está na mídia, as escolas “brigam” entre si, gerando uma enxurrada de informações para o consumidor. O problema é que muitas delas deixam para se comunicar com seu público apenas nessa época, esquecendo de manter um contato direto o restante do ano.

Muitas escolas acham que apenas a propaganda consegue atingir seus objetivos. Num passado recente, as empresas costumavam tratar as ferramentas da comunicação de forma isolada. Mas hoje pensar comunicação é pensar no seu mix, ou seja, não é pensar apenas em publicidade, e sim em todas as formas de se comunicar com seu público-alvo, que são os clientes atuais e os potenciais. Esse processo é denominado CIM (Comunicação Integrada ao Marketing) que, segundo Terence Shimp, tem como objetivo influenciar ou afetar diretamente o comportamento do público-alvo das comunicações. No casa das escolas, esse público são os pais e alunos, pois a escolha da escola é uma decisão compartilhada na maioria das vezes.

Meios e ferramentas da comunicação eficazes para atingir os objetivos da escola

No caso de instituições de ensino, vemos de forma clara que as principais ferramentas disponíveis para serem utilizadas durante todo o ano são publicidade, relações públicas, assessoria de imprensa e marketing direto. Ao estudar a empresa e descobrir, através de pesquisas, quem é o seu potencial cliente, seus concorrentes, diferencial que tem e pontos fortes e fracos, entre outros aspectos, a escola pode traçar estratégias usando as ferramentas de comunicação mais adequadas para atingir seus objetivos.

Manter um contato direto e constante com os clientes atuais ajuda a mantê-los e a fazer com que isso repercuta até entre os prováveis futuros clientes. Uma escola não pode deixar para fazer comunicação apenas no final do ano. Ela tem de manter contato constante, seja com campanhas em mídias de massa e internas, ações de relações públicas associadas à sua divulgação via assessoria de imprensa, além das mídias off-line, como Facebook, Twitter, blogs e sites.

Todas essas ferramentas de comunicação são bastante eficazes e, quando bem utilizadas, garantem a realização de um bom diálogo com seu público-alvo. Vale salientar que geralmente os recursos financeiros destinados para a propaganda são limitados e que muitas vezes ações de relações públicas, a utilização das redes sociais ou até mesmo de uma mala-direta, atingem de forma mais direta e eficaz os clientes já existentes. O importante, conforme uma das principais características da CIM, é usar toda e qualquer forma de contato com o púbico-alvo.

Comunicação integrada com a comunidade escolar

Pesquisa realizada em 2009 por alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Católica de Pernambuco para o Colégio NAP, da rede privada do Recife, mostra que 94% dos alunos gostam de ver o colégio na mídia e 99% opinou sobre o evento que mais gosta da unidade de ensino. Isso demonstra de forma clara a satisfação do aluno com as ações de comunicação utilizadas pelo colégio.

A estratégia da CIM atinge o perfil do consumidor moderno, cada vez mais atento à comunicação integrada e seletivo quanto ao tipo de informação que quer consumir. Portanto as organizações devem estar atentas a esses desejos e necessidades para satisfazê-los e com isso conseguir ter um bom posicionamento, melhor que os seus concorrentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.