Qual o melhor caminho para a formação de professores de Educação Infantil e Séries Iniciais?

Regina Shudo

Hoje, mais do que nunca, a formação continuada torna-se uma exigência para que os educadores exercerem com eficiência e plenitude a atividade profissional.

 

Acredito que não haja um só caminho, mas vários itinerários possíveis. Antes, é preciso reconhecer a importância da formação inicial dos educadores e também a formação continuada. Assim como em qualquer profissão, continuamente é preciso a busca de estudos teóricos, reflexões, discussões, pesquisas, para aprimorar a prática.

A organização da prática educacional requer uma valorização da experiência profissional, supondo que ela deva se estruturar a partir de um eixo metodológico de pesquisa, para compreender e verificar as necessidades de melhoria no processo ensino-aprendizagem. Isso deve ocorrer tendo como referencial as situações de trabalho, envolvendo a análise e avaliação, não só dos alunos como também dos educadores e demais profissionais envolvidos no processo pedagógico. Portanto, a atividade educacional, o trabalho se transforma em ato de formação quando é acompanhado por uma atividade de estudo, de pesquisa e reflexão sobre ele próprio.

Oportunidades para a formação continuada

 

Educadores em busca dos itinerários da formação continuada, só o farão quando reconhecerem a necessidade, quando analisarem as suas práticas, a eficácia da educação por eles oferecida.

Educadores da Educação Infantil e Séries Iniciais, muitas vezes, não buscam aprimoramento por achar que o trabalho realizado está a contento, não tendo parâmetros para julgar se é possível avançar e melhorar o desempenho dos alunos. Mas, o próprio Ministério da Educação tem se preocupado com a formação dos educadores oferecendo centenas de oportunidades e apontando caminhos possíveis. Um deles é que todos devem reconhecer que a formação continuada é uma exigência da atividade profissional no mundo contemporâneo e deve ter como referência a prática docente e o conhecimento teórico.

Cabe ressaltar que a formação continuada vai além da oferta de cursos de atualização ou treinamento, deve-se integrar no cotidiano da escola, na busca constante pela qualidade do ensino.

Os Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil, publicado pelo MEC em 2006, e os Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, publicado em 2009, apontam que um dos caminhos em busca de uma escola infantil de qualidade é o investimento na formação continuada dos educadores. A publicação contém referências de qualidade para a Educação Infantil a ser utilizada por todos os envolvidos na tarefa de educar, com vista à redução das desigualdades de oportunidades educacionais.

Não deixe de ler e estudar os documentos acima citados, você poderá encontrar no site do MEC. Essas publicações têm como objetivo detalhar os parâmetros em indicadores operacionais, oferecendo aos educadores, equipe diretiva, um instrumento adicional de apoio no trabalho educacional, proporcionando a todos a compreensão dos pontos fortes e fracos, e assim as instituições de Educação Infantil, poderão intervir para melhorar a sua qualidade de acordo com suas condições, traçando um caminho possível na construção de um trabalho pedagógico significativo.

Um comentário em “Qual o melhor caminho para a formação de professores de Educação Infantil e Séries Iniciais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.