Qual a relação do jogo de xadrez com o seu negócio?

 Pensamento estratégico, o xadrez tem inúmeras semelhanças com o mundo dos negócios. Que tal entender melhor o seu mercado encarando-o como um tabuleiro?

 

 

Você já deve ter assistido ou participado de um jogo de xadrez, o cenário é comumente o seguinte: dois oponentes, frente a frente, pacientemente esperando pela sua vez, de olho no relógio que marca o tempo de cada jogada. Os jogadores analisam o tabuleiro a cada novo movimento do adversário, antecipando sua próxima estratégia e imaginando futuros cenários que podem ocorrer com o progresso da partida.
Pois cada gestor de uma empresa é um jogador de xadrez que, certamente, não vive a paciente espera de ver jogar seu adversário — ou melhor, concorrente —, muito pelo contrário: a concorrência não é paciente nem espera, além de, normalmente, contemplar muito mais do que um só jogador. São diversas empresas do mesmo segmento tentando conquistar sua clientela, seu nicho de atuação e fazendo sucessivas jogadas para isso. Por isso, assim como um jogador de xadrez, é preciso sempre analisar friamente o tabuleiro, tentando antecipar os movimentos dos concorrentes antes de tomar decisões sobre seu próprio negócio.
A relação entre o xadrez e o mundo dos negócios fica clara em uma palavra: estratégia. Dentro da ideia de estratégia, também podemos citar características como planejamento cuidadoso, controle do tempo e motivação para agir. Aí está o paralelo entre o jogo de xadrez e os negócios. E alguns princípios que se aplicam ao jogo podem também ser aplicado na gestão de sua empresa:

  • Saiba qual o objetivo do jogo
    O objetivo do xadrez é proteger o seu rei, enquanto se tenta derrubar o rei do adversário. Uma vez dado o “xeque-mate”, o jogo acaba. Em outras palavras: o objetivo é dizimar o exército que protege o rei para então derrubá-lo, no menor tempo possível. No mundo dos negócios, é igualmente importante que se tenha em mente o objetivo do jogo, o objetivo principal de sua empresa, para que ela permaneça competitiva. Seu objetivo é vender mais produtos? Conquistar mais clientes? Ou segmentar cliente e produtos? O objetivo principal do seu negócio é o fator que baliza todas as estratégias de ação que contribuirão para o seu crescimento.
  • Planeje antes de agir
    Com o objetivo principal na cabeça — proteger o rei —, o jogador de xadrez começa a planejar movimentos e suas potenciais consequências. Existem diversos cenários possíveis, dos melhores aos piores. Em qualquer um deles, peças serão perdidas. Um movimento mal planejado pode comprometer toda a estratégia. O mesmo se aplica aos negócios. Muitas vezes, para se conseguir uma fatia maior de mercado, é necessário sacrificar outros nichos, serviços ou produtos. Às vezes, é melhor investir em tecnologia para colher os frutos mais tarde. Outras vezes, o corpo de funcionários pode também ser diminuído para que a empresa permaneça competitiva no mercado. Planejamento estratégico acarreta não só acertos, mas também muitos erros e sacrifícios.
  • Utilize todas as peças
    No xadrez, alguns jogadores novatos acabam utilizando a rainha para proteger o rei, uma vez que ela se move com mais facilidade por todo tabuleiro. No entanto, mesmo os peões são parte importante do jogo, ainda que andem vagarosamente, de uma em uma casa. É preciso saber tirar o melhor de cada uma das peças, fazendo com que todas elas, estrategicamente, protejam o rei e trabalhem na eliminação das peças adversárias. O mesmo pode ser pensado dentro de uma empresa: todos os funcionários devem trabalhar em sinergia em busca do mesmo objetivo. Não são só os funcionários de altos escalões que contribuem para o sucesso, mas a harmonia do grupo trabalhando sempre junto.
  • Fique de olho no relógio
    Em torneios de xadrez, o relógio é objeto indispensável para a partida. Cada jogada tem um tempo limite para ser pensada e executada. E esse tempo é curto. Por isso, muitos jogadores profissionais passam meses ensaiando jogadas e as estudando antes do campeonato, assim podem tomar decisões mais rapidamente nas disputas principais. O mesmo se dá nos negócios: a capacidade de tomar decisões rápidas é característica essencial aos gestores. Isso requere pensamento estratégico, equilíbrio e, para isso é preciso ter muito estudo e conhecimento do negócio em que atua. É um estudo, um treino e aprendizado diários para as decisões cruciais que possam surgir.
  • Conheça seu oponente
    O xadrez também é uma disputa psicológica. Muito do jogo pode ser perceptível através da linguagem corporal dos oponentes que, permanecem a partida toda cara a cara. Assim, conhecendo um pouco do temperamento e estilo de jogo do adversário, pode-se tomar decisões mais acertadas para proteger o rei. Esse processo também faz parte do estudo diário que todo gestor de uma empresa realiza: conhecer muito bem seus concorrentes, sabendo quais são suas características e como superá-las, de modo a manter sua empresa sempre competitiva. Estudar a estratégia dos concorrentes pode auxiliar muito na análise de sua própria estratégia.
Texto produzido pela equipe da Futuro Eventos.

4 comentários em “Qual a relação do jogo de xadrez com o seu negócio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.