Ser introvertido pode trazer vantagens para a carreira

Os mais tímidos e centrados têm as mesmas chances que os extrovertidos dentro de uma empresa, basta que saibam desenvolver os aspectos fortes característicos ao seu perfil comportamental.

 

 

Quando nos deparamos com processos seletivos ou com um grupo de funcionários de grandes empresas, parece-nos que indivíduos extrovertidos, que dialogam e agregam mais pessoas ao seu redor, possuem certa vantagem, especialmente na área de vendas e marketing. Porém, há diferentes maneiras de gerir pessoas dentro do ambiente de trabalho e aquela velha ideia de que os introvertidos têm mais dificuldade para se destacar em razão de sua suposta “timidez” já não é mais regra.

Características do introvertido

Um indivíduo introvertido normalmente fica apreensivo em grandes grupos de pessoas, não gosta de falar ao telefone e pode até parecer bastante sociável, mas isso certamente foi uma habilidade adquirida ao longo da vida. Toda vez que um introvertido passa muito tempo no meio de muita gente, precisa de um tempo sozinho equivalente para recarregar suas energias. Normalmente, prefere conversar entre pequenos grupos, de três a cinco pessoas (quanto menos melhor) e fica silencioso no meio de mais gente. Costuma pensar mais antes de falar e planeja o que vai dizer com bastante cuidado.

Introversão como diferencial

Introvertidos não podem tomar sua introversão como uma deficiência, mas sim, como um diferencial de produtividade. Quantas vezes não percebemos indivíduos muito extrovertidos como falastrões quase irritantes que estão mais interessados em quantidade do que em qualidade? Pois é justamente nesses aspectos mais comuns aos extrovertidos que os introvertidos podem encontrar seu diferencial. Estes são grandes observadores do mundo, eles interagem menos, é verdade, porém, em razão disso, são mais seletivos em suas escolhas. Há algumas razões de comportamento características para isso:

 

  • Introvertidos são bons ouvintes: uma equipe de trabalho liderada por um introvertido tende a entender-se melhor, pois é mais ouvida e suas sugestões sobre os rumos do trabalho costumam ser mais consideradas.

 

  • Introvertidos preferem qualidade à quantidade: isso significa que agem de maneira mais efetiva dentro de grupos de trabalho menores. Um introvertido tende a trabalhar melhor gerindo pequenos grupos ou áreas da empresa, enquanto o extrovertido tende a ser mais eficaz no âmbito coletivo.

 

  • Introvertidos costumam escrever e se expressar melhor através de textos: grande parte do trabalho dentro das empresas se dá através da escrita, por e-mails, memorandos, projetos. Por isso é preciso bom domínio dessa habilidade.

 

  • Tempo sozinho pode ser algo positivo: este é um momento em que o introvertido recarrega suas energias e procura formas de lidar com novidades, situações e questões de maneira pragmática e lógica. Se ele fizer isso também com suas funções de trabalho, será um grande diferencial estratégico para a empresa.

 

  • Introvertidos são ótimos parceiros de trabalho: unir um extrovertido a um introvertido cria uma dupla de trabalho ou até mesmo sociedade muito forte, pois agrega diferentes perspectivas e habilidades que toda empresa ou negócio necessita.

 

Portanto, antes de julgar alguém ou se julgar em desvantagem por ser introvertido, é preciso ponderar essas características positivas intrínsecas a esse tipo de comportamento. Certamente, também é fundamental que os mais tímidos e pouco comunicativos trabalhem essas dificuldades, mas sem desrespeitar os limites de sua introversão. Cada pessoa funciona de uma maneira e, com compreensão e sem preconceitos, somos capazes de tirar o melhor dos outros e de nós mesmos.

Texto produzido pela equipe da Futuro Eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EXCLUSIVO.